Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Potigás: Projeto Mãos doces ensina jovens a ampliar renda através da confeitaria

Incentivar o empreendedorismo e a geração de renda através da confeitaria é o principal objetivo do projeto “Mãos Doce”, selecionado pelo Edital Natural Como Fazer o Bem da Potigás, na área da Assistência Social. No total, 15 jovens com idade entre 17 e 22 anos finalizaram o curso e receberão na próxima quinta-feira, 18, a certificação.

Ministrado pela confeiteira Lígia Magnólia, proprietária da Mag’s Cakes e idealizadora do projeto, o minicurso de confeitaria foi realizado em duas turmas e contou com vários ensinamentos, abarcando desde a manipulação dos alimentos, o ponto adequado para diversos tipos de doces, composição do preço dos projetos até fotografia com smartphone para redes sociais.

“É muito importante trabalhar essa vivência empreendedora nesses jovens e ensinar uma atividade que eles podem ter uma renda. Para mim, é gratificante poder executar esse projeto e o apoio da Potigás através do Edital foi essencial”, afirma Lígia Magnólia. O curso foi realizado no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do bairro Liberdade, em Parnamirim. Além do ensino teórico e prático, os jovens irão receber, durante a certificação, kits com ingredientes para auxiliar no início do negócio.

A diretora presidente da Potigás, Larissa Dantas, esclarece que esse ano foi o primeiro que a empresa incluiu a área de Assistência Social no Edital Natural Como Fazer o Bem. “Estamos passando por uma crise econômica com redução do mercado formal. Então o projeto ‘Mãos Doce’ representa essa oportunidade de desenvolvimento de uma renda para quem precisa”, argumenta.

Fonte: Potigás / Comunicação

Related Posts