Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Defasagem nos preços do diesel e da gasolina chega a 2 dígitos, diz Abicom

A diferença entre os preços do diesel e da gasolina vendidos pela Petrobras nas refinarias e as cotações mercado externo chegou à casa dos dois dígitos para esses dois combustíveis na manhã desta segunda-feira (10), de acordo com os cálculos da Abicom.

Segundo a associação, o diesel da Petrobras está 13% abaixo do preço no mercado internacional, com necessidade de um aumento de R$ 0,75 por litro, em média, para chegar à paridade. A estatal vende diesel a R$ 4,89 o litro, em média, desde 19 de setembro.

No caso da gasolina, a defasagem era de 10%, com espaço para um aumento de R$ 0,36 por litro, em média. A gasolina da Petrobras já chega a 40 dias sem aumentos. O último reajuste foi em 1º de setembro, quando a gasolina passou a ser vendida a R$ 3,53 por litro.

A defasagem nos preços da Petrobras em relação aos preços no exterior prejudica a atuação dos importadores independentes, pois gera prejuízos a esses agentes e cria incertezas sobre o abastecimento nacional. Cerca de 30% da demanda brasileira por combustíveis é atendida por importações.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts