Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Queda no preço do GNV favorece a retomada no setor, diz Sindirepa

Desde a última quinta (01), as tarifas de gás natural veicular (GNV) vão reduzir em 4,86% para os postos de combustíveis para os clientes da CEG, na Região Metropolitana do Rio, e uma queda de 3,6% na área de concessão da CEG Rio, no interior fluminense. Além disso, conforme informe da Naturgy, houve corte também para o segmento industrial de 1,08% para clientes CEG e de 3,52% para a área da CEG Rio. As tarifas residenciais reduziram 1,43% e 1,7%, respectivamente, na Região Metropolitana e no interior do estado. Já no setor comercial, as quedas são de 1,49% na CEG e de 1,97% na CEG Rio.

“Essa redução nas tarifas do GNV impulsionará a retomada das oficinas de instalação de cilindros de gás veicular, promovendo empregos e estimulando a economia. Além disso, proporcionará condições mais favoráveis de competitividade para as indústrias fluminenses”, destaca Celso Mattos), presidente do Sindirepa. Além disso, o Confaz também decidiu aumentar em 12,5% o ICMS sobre combustíveis, a partir de hoje.

Assim, segundo Celso Mattos, o GNV recupera sua posição de combustível social, trazendo economia para a população, motoristas de aplicativos e frotas empresariais. “Por ser menos poluente, o uso do GNV é ecologicamente correto e adequado até mesmo para o uso em veículos pesados como ônibus e caminhões. O estado do Rio já avançou nesse sentido criando o Corredor Verde na rodovia Presidente Dutra com os postos de combustíveis adequados para o GNV”, afirma Mattos.

TN Petróleo

Related Posts