Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Compagas registra aumento no uso de gás natural em novas residências no Paraná

Com tecnologias e soluções cada vez mais voltadas para a praticidade e segurança, o mercado curitibano de New Housing, que abrange os lançamentos imobiliários, apostou em 2023 no gás natural canalizado. De acordo com dados da Compagas, 3ª maior fornecedora do setor no País, das mais de 2,5 mil novas unidades conectadas à rede de distribuição ao longo do ano passado, 80% foram em empreendimentos recém-inaugurados e os demais naqueles já existentes.

O crescimento foi de 40% em relação a 2022 e é o maior número já registrado pela Companhia. A Compagas deve atender mais 6,2 mil unidades contratadas com conexões previstas até o final de 2028.

Rafael Lamastra Jr., CEO da Compagas, revela que atualmente a empresa atende 98,5% do total de usuários de gás natural do Paraná. “Encerramos 2023 com o atendimento de quase 54 mil unidades residenciais concentradas nos municípios de Curitiba, Araucária, São José dos Pinhais e Ponta Grossa. No volume distribuído, a média anual ultrapassa a marca dos 33 mil metros cúbicos por dia”, informa.

Exemplo disso, é a parceria entre a Compagas e a construtora Laguna, que reflete a tendência do mercado e a segurança no uso do gás natural. O BIOOS, projeto da Laguna com consultórios, offices e residências 60+, contará com o fornecimento do gás canalizado.

Segundo Didier Alvarez, gerente de Desenvolvimento Técnico de Engenharia do grupo, em todas as últimas obras da empresa, o gás natural canalizado foi utilizado para garantir a segurança para o condomínio e a facilidade na gestão de fornecimento. “Nossas prioridades em termos de sustentabilidade incluem a redução do consumo de energia com a utilização de equipamentos de menor consumo e diversos projetos que visam a eficiência para o dia a dia do usuário e do condomínio”, detalha.

O gás natural é uma fonte de energia limpa e segura. Ao contrário do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o gás natural é transportado por meio de tubulações subterrâneas, reduzindo o risco de vazamentos e explosões. Pela praticidade e segurança, o gás canalizado nas residências é utilizado, majoritariamente, para o aquecimento de água, nos fornos, fogões, churrasqueiras, lareiras e, até mesmo, em sistemas de aquecimento de piscinas e pisos.

Além disso, o aspecto sustentável também fez parte da escolha, uma vez que o sistema de abastecimento minimiza o desperdício e, consequentemente, diminui o impacto no meio ambiente.

Outro benefício da escolha pelo gás canalizado é a possibilidade de reduzir os impactos gerados pela distribuição GLP na mobilidade urbana com o tráfego de caminhões, contribuindo ainda com a diminuição das emissões de CO² causados pelo tráfego de veículos movidos à diesel na cidade, e excluindo os riscos do abastecimento por caminhões.

Fonte: Agência Estadual de Notícias / Governo do Estado do Paraná

Related Posts