Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Compagas anuncia investimentos de R$ 505 milhões e entra no setor de biometano

A Compagas, empresa de distribuição de gás controlada pela Copel em sociedade com a Mitsui e a Commit, anunciou que vai investir R$ 505 milhões entre 2024 e 2029 em ações e projetos para expandir a atuação da companhia a outras regiões do Paraná, em especial para os municípios de Londrina, Maringá e Lapa. O foco da empresa estará na inserção do biometano na rede de gás canalizado e no desenvolvimento de corredores sustentáveis com abastecimento via gás natural e biometano. O anúncio foi feito pelo governador do Paraná, Ratinho Jr. Os investimentos fazem parte do novo contrato de concessão da Compagas, que passa a valer a partir do mês de julho. O contrato estabelece metas para aumentar a oferta de gás natural e biometano, além de expandir o atendimento a novas regiões no Paraná nos próximos 30 anos.

Dentro do investimento de R$ 505 milhões até 2029, o plano de negócios da companhia prevê R$ 100 milhões para atendimento aos municípios de Londrina e Maringá. A ideia é que o fornecimento na região ocorra 100% com biometano. A empresa também anunciou a construção de 52 quilômetros de gasoduto entre os municípios de Araucária e Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba. O investimento de R$ 108 milhões vai atender um eixo agroindustrial do Estado e, em especial, a fábrica do Grupo Potencial Biodiesel, na cidade de Lapa. “Temos um potencial muito grande na geração [de biogás], que é feita através dos dejetos de animais e biomassa vegetal, como do setor sucroalcooleiro”, disse o governador. O biometano, ou gás natural renovável, é obtido a partir da purificação do biogás, uma mistura de gases que têm como origem o processo natural de decomposição de resíduos orgânicos em ambientes onde não há troca de ar — a digestão anaeróbica. Em razão de ser intercambiável com o gás natural, o energético pode ser injetado na rede de gasodutos, transportado em caminhões na forma comprimida ou liquefeita. Segundo Ratinho, o Estado está organizando todo o ecossistema para a geração de biogás e biometano no Paraná, tanto na parte tributária e fiscal da cadeia, como na infraestrutura de produção e escoamento, criando um novo corredor de desenvolvimento.

Não é de agora a intenção da companhia em ser um “player” relevante no setor de biometano. Em janeiro, a empresa lançou uma segunda chamada pública para receber propostas de aquisição de biometano para atender os usuários do Paraná. O plano da Compagas é chegar a 15% da participação do biometano no volume de distribuição da companhia até 2026, o que corresponde a cerca de 100 mil metros cúbicos por dia de gás renovável, mas para isso, será preciso integrar a rede de distribuição às principais áreas produtoras de biometano, para viabilizar o escoamento do combustível renovável por meio de dutos, ampliando a capacidade de utilização do gás renovável. “Acreditamos que este novo investimento fará com que o Paraná avance ainda mais no segmento de energia e infraestrutura”, disse o CEO da empresa, Rafael Lamastra Junior. “O gás natural continua sendo uma fonte importante, mas a inclusão do biometano traz uma pegada mais sustentável para atender a demandas ambientais e dos nossos clientes e também às metas de ESG [ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês] da empresa”, acrescenta o executivo. O primeiro contrato para fornecimento de biometano para inserção na rede de distribuição de gás no Paraná foi assinado com a empresa H2A, que vai fornecer 20 mil metros cúbicos por dia a partir de julho de 2025. A parceria viabiliza a construção de uma usina em Carambeí, nos Campos Gerais, para a produção do gás renovável em uma cadeia circular, a partir de dejetos do polo leiteiro. A distribuidora também anunciou o início das operações da primeira rota do projeto Corredores Sustentáveis, entre Londrina e Paranaguá. Ao todo, são onze postos de abastecimento com GNV e biometano para veículos leves e pesados.

Fonte: Valor Online

Related Posts