Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Nordeste: Pernambuco lidera no grau de economia do GNV

Alagoas — A economia com GNV em Alagoas é significativa, chegando a 52% frente a gasolina e 60% frente ao etanol. De acordo com média de preços levantada pela ANP na primeira semana de junho, o metro cúbico do GNV custa R$ 2,27 enquanto os litros e gasolina e etanol têm, respectivamente, os seguintes valores: R$ 3,83 e R$ 3,21. Em Alagoas, para rodar 100 km é preciso gastar R$ 17 (GNV), R$ 36 (gasolina) R$ 43 (etanol).

Bahia — A economia com GNV pode variar na Bahia de 49% (ante a gasolina) a 55% (etanol). Conforme dados levantados na primeira semana de junho pela ANP, o metro cúbico de GNV custa R$ 2,39. Já o litro de gasolina custa R$ 3,83 e o de etanol, R$ 2,98. Para rodar 100 km é preciso pagar R$ 18 (GNV), R$ 36 (gasolina) e R$ 40 (etanol)

Ceará — A economia do GNV tem variação de 47% (ante gasolina) a 55% (etanol) no Ceará. O metro cúbico em postos cearenses, em média, conforme dados da ANP pesquisados na primeira semana de junho, custa R$ 2,59 (GNV), R$ 3,97 (gasolina) e R$ 3,28 (etanol). Para rodar 100 km, o investimento é de R$ 20 (GNV), R$ 37 (gasolina) e R$ 44 (etanol).

Paraíba — A economia com GNV pode chegar a 57% na comparação com o etanol na Paraíba. Em relação à gasolina, o percentual é de 49%. Os cálculos foram feitos pela Abegás com base na seguinte média de preços pesquisada pela ANP na primeira semana de junho: R$ 2,30 (metro cúbico do GNV), R$ 3,64 (litro da gasolina) e R$ 3,05 (litro do etanol). Para rodar 100 km, o desembolso é de R$ 17 (GNV), R$ 34 (gasolina) e R$ 41 (etanol).

Pernambuco — Estado do Nordeste em que o GNV tem percentuais mais expressivos de economia: 55% (ante gasolina) e 59% (ante etanol). A base de cálculo usou a média de preços pesquisada pela ANP na primeira semana de junho em postos pernambucanos: R$ 2,11 (metro cúbico do GNV), R$ 3,77 (litro da gasolina) e R$ 2,95 (litro do etanol). São R$ 16 para rodar 100 km com GNV, enquanto com gasolina esse valor sobe para R$ 35 e com etanol, R$ 39.

Rio Grande do Norte — Em postos potiguares, a ANP chegou à seguinte média de preços na primeira semana de junho: R$ 2,50 (metro cúbico do GNV), R$ 3,88 (litro da gasolina) e R$ 3,27 (litro do etanol). Portanto, a economia do GNV pode chegar a 48% (ante a gasolina) e 57% (ante o etanol). Para rodar 100 km é preciso desembolsar R$ 19, R$ 36 e R$ 44, para GNV, gasolina e etanol, respectivamente.

Sergipe — A economia pode variar de 48% (ante a gasolina) e 58% (ante o etanol) no Sergipe. Para rodar 100 km, o desembolso é de R$ 18 com GNV. Esse custo sobe para R$ 34 (com gasolina) e R$ 42 (com etanol). Os preços apurados pela ANP em postos sergipanos, em média, foram os seguintes: R$ 2,37 (metro cúbico de GNV) R$ 3,68 (litro da gasolina) e R$ 3,18 (litro do etanol).

*Para realizar a análise, a Abegás utiliza como referência o veículo Fiat Siena, que já contempla em seu manual de fábrica o consumo com os três combustíveis e percorre 13,2 km por metro cúbico de GNV, 10,7 km com gasolina e 7,5 km com o etanol.

Fonte: Comunicação ABEGÁS

Related Posts