Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Consumo de gás natural no Brasil cresce 12,5% no 1º bimestre de 2018 frente a 2017

Alta do consumo da indústria foi de 10,6% no 1º bimestre em relação ao mesmo período de 2017

No primeiro bimestre do ano de 2018, o consumo de gás natural no País apresentou crescimento de 12,5% frente ao mesmo período do ano anterior. Foram consumidos, 60,64 milhões de metros cúbicos/dia na média dos dois meses iniciais de 2018 ante 53,90 milhões de metros cúbicos/dia no mesmo bimestre de 2017.

O destaque é o consumo da indústria, com expansão de 10,6% no 1º bimestre em relação ao mesmo período de 2017, e de 3,1% em fevereiro na comparação com janeiro.

As informações fazem parte do levantamento estatístico da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), feito com concessionárias em 20 estados, reunindo dados em diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros.

O consumo em fevereiro manteve-se estável em relação ao mês anterior, em função de ser um mês mais curto (com apenas 28 dias) e com período de Carnaval.

Entre fevereiro de 2017 e fevereiro de 2018, o crescimento da base de clientes foi de 7,3% – totalizando 3,3 milhões de consumidores.

Resultados por segmento em janeiro de 2018

Na indústria, o levantamento da Abegás registrou, no 1º bimestre, um crescimento de 10,6% em relação ao mesmo período de 2017, e de 3,1% na comparação com janeiro, sinalizando uma retomada da atividade.

No segmento automotivo, o consumo de GNV subiu 6,3% na comparação com o 1º bimestre de 2017 e um percentual de 4,5% em relação ao mês anterior – reflexo da competitividade do GNV em todo o País.

No consumo comercial, o segmento dá sinais de retomada do consumo, com um aumento de 8,21% no 1º bimestre de 2018 e de 6,9% na comparação com janeiro.

No segmento residencial, o investimento das concessionárias na expansão das respectivas redes de distribuição contribuiu para o aumento do consumo no segmento no comparativo anual. Em relação ao 1º bimestre de 2017, o crescimento foi de 16,6%.

Na cogeração, o segmento vem acompanhando a retomada da indústria com crescimento de 18,9% no 1º bimestre e de 2,6% em fevereiro na comparação com o mês anterior.

Na geração elétrica, o consumo teve alta de 29,9% na comparação com o 1º bimestre de 2017 e uma ligeira retração em fevereiro frente o mês anterior.

Destaques de consumo nas regiões em fevereiro de 2018 frente janeiro de 2018

  • Centro-Oeste – Expansão no consumo residencial: 8,6%
  • Nordeste – Alta no segmento residencial: 7,1%
  • Norte – Crescimento no consumo de GNV: 6,2%
  • Sudeste – Aumento do consumo residencial: 6,8%
  • Sul – Crescimento na cogeração: 13,6%.

Fonte: Comunicação ABEGÁS

Notícias relacionadas