Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Bahia inaugura primeiro hospital totalmente climatizado com gás natural

O novo Hospital Couto Maia, que será inaugurado nesta sexta-feira (06/07), no bairro de Cajazeiras II, será a primeira instituição de saúde do Brasil totalmente climatizada com gás natural. Com investimento de cerca de R$110 milhões, o hospital é o segundo no estado a ser construído por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). O contrato firmado garantiu, além da construção, a aquisição dos equipamentos e também a gestão dos serviços não clínicos.

Os pacientes e funcionários do novo Hospital Couto Maia vão poder contar com o conforto da climatização de todos os ambientes, e a instituição vai economizar com a utilização de uma fonte energética muito mais vantajosa economicamente, e ecologicamente mais aceita. A Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás já atende 06 hospitais no estado, fornecendo o energético para o provimento de serviços nas cozinhas e lavanderias das instituições de saúde. Este é o primeiro estabelecimento do setor a usar o energético para climatização.

O assessor de Tecnologia de Gás Natural da Bahiagás, Celestino Boente, destaca as vantagens da utilização da nova tecnologia para o hospital. “Estamos falando de uma economia de aproximadamente 90% na conta de energia elétrica. E do uso de equipamentos com menor custo operacional e de manutenção. Além disso, o sistema diminui o impacto dos gases nocivos ao meio ambiente, pois utiliza água, ao invés do fluido refrigerante usado nos climatizadores elétricos, o Hidro Flúor Carbono (HFC)”, pontua.

Modernidade – Com 20 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entre os 120 novos leitos, o novo Hospital Couto Maia vai oferecer atendimento especializado e de alta complexidade para pacientes com doenças infecciosas. O equipamento contará com um Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie), além de agência transfusional, serviços de reabilitação, de logística e de diagnose, com modernos equipamentos de diagnóstico por imagem.

A nova e moderna unidade substituirá a edificação original, que já não comporta o volume de atendimentos e a complexidade das doenças atuais, e contará, também, com a tecnologia de prontuário eletrônico, dispensando impressão de papel, UTIs pediátrica e adulta, salas cirúrgicas e enfermarias com leitos de isolamento.

 

Fonte: Bahiagás – Comunicação

Related Posts