Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Boletim mensal de acompanhamento da indústria de gás natural

O Ministério de Minas e Energia publicou a edição nº 136/junho 2018, do Boletim Mensal de Acompanhamento da Indústria do Gás Natural.

A publicação apresenta o balanço do gás natural no Brasil, na Argentina, na Bolívia, no Chile e no Uruguai, além de dados nacionais – reservas, produção, destinação do gás, importações e oferta interna, consumo, preços, competitividade e infraestrutura de transporte -, entre outras informações.

Destaques do mês de junho/2018

 (Análise comparativa em relação ao mês anterior)

 Demanda: Influenciada pelo considerável incremento da geração termelétrica, a demanda total aumentou de 75,6 para 87,8 milhões de m³/dia.

 Oferta nacional: O aumento da geração termelétrica influenciou também a maior oferta nacional, especificamente nos sistemas isolados (Região Norte e Maranhão).

 Oferta de gás importado: Da mesma forma, houve impacto na oferta de gás importado, que passou de 26,0 para 34,3 milhões de m³/dia. Destaca-se o incremento da regaseificação de GNL, que passou de 1,8 para 10,1 milhões de m³/dia, em cenário de estabilidade na importação de gás boliviano em 24 milhões de m³/dia.

 Produção nacional: No mês de junho entrou em operação o FPSO Cidade de Campo dos Goytacazes, no campo de Tartaruga Verde. Essa é a terceira unidade que entrou em operação no País no ano de 2018, sendo a primeira o FPSO P-74 (opera desde abril no campo de Búzios) e a segunda o FPSO Petrojarl I (opera desde maio no campo de Atlanta).

 

Fonte: MME

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.