Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo WTI sobe quase 3% na semana e bate máximas desde novembro

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta sexta-feira (1º de fevereiro), após dados mostrarem redução no número de sondas em atividade nos Estados Unidos, o que pode indicar menor ritmo de produção à frente. Além disso, pesquisas indicam que a produção na Opep deve ter sofrido em janeiro a maior queda em dois anos, amenizando receios sobre excesso de oferta.

Em Nova York, o petróleo WTI (março) fechou em alta de 2,73%, a US$ 55,26 o barril. No melhor momento, o contrato foi a US$ 55,66, máxima em dez semanas. Na semana, o WTI subiu cerca de 2,9%.

Em Londres, o Brent (abril) valorizou 3,14%, a US$ 62,75 o barril. Na semana, o Brent ganhou cerca de 1,80%.

Segundo pesquisa da “Bloomberg”, a produção caiu em 930 mil barris por dia em janeiro, para 31,02 milhões de barris por dia.

A Arábia Saudita, maior exportador de petróleo do mundo, cortou a produção em 450 mil barris por dia, para 10,2 milhões de barris. A redução é cerca de 30% mais intensa que o acordado e colocou a produção bem abaixo do recorde de 11,1 milhões de novembro.

O ministro saudita da Energia, Khalid Al-Falih, disse que espera reduzir a produção de petróleo “bem abaixo” da meta do país. E prometeu cortes mais profundos em fevereiro.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.