Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em alta com restrição da oferta da Opep

Os preços do petróleo fecharam em alta na quinta-feira (7), ainda recebendo suporte da redução da oferta da commodity com os cortes de produção da Opep e aliados. Além disso, sanções contra a Venezuela e o Irã – dois países membros da Opep que estavam isentos dos cortes de produção – também reduzem a oferta global de petróleo.

Os contratos futuros do petróleo WTI para abril fecharam em alta de 0,78%, a US$ 56,66 por barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York, enquanto os do Brent para maio subiram 0,46%, a US$ 62,30 por barril na ICE, em Londres.

“O fato de que a Opep está tentando colocar um piso sob os preços está ajudando a dar suporte” aos mercados, disse Michael Hewson, analista-chefe de mercados da CMC Markets, à Dow Jones Newswires. No entanto, Hewson apontou também que o Brent tem “ficado preso em uma faixa estreita” entre US$ 64 e US$ 67 desde o meio de fevereiro.

Neste contexto de restrição da oferta, analistas do Goldman Sachs apontam que o cenário preparado para o segundo trimestre é “restritivo”. Ainda assim, eles alertam que a perspectiva de longo prazo deve ser temperada pela retomada da produção de xisto dos Estados Unidos no segundo semestre, com redução de gargalos estruturais na Bacia Permiana que contribuirão para o aumento das exportações.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts

Leave a reply

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.