Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em queda com possibilidade de reunião entre EUA e Irã

O petróleo encerrou a sessão de segunda-feira (26) em queda pela quarta sessão consecutiva, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugerir que está disposto a se encontrar com o presidente do Irã, Hassan Rouhani, “sob certas circunstâncias”. A possibilidade de um conflito entre os países no Golfo Pérsico tem pressionado para cima os preços do petróleo, com riscos de uma ruptura na oferta da commodity.

Os contratos futuros do Brent para outubro encerraram a sessão em queda de 1,07%, a US$ 58,70 o barril, na ICE, em Londres.

Os contratos para o mesmo mês do West Texas Intermediate (WTI) terminaram o dia em desvalorização de 0,97%, a US$ 53,64 o barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

Apesar da queda diária, James Hatzigiannis, estrategista sênior do Long Leaf Trading Group, afirmou que espera ver os preços do petróleo ganhando tração nesta semana e que não espera que o Irã e os EUA façam qualquer progresso em direção a um acordo nuclear. “No entanto, se notícias negativas sobre as negociações comerciais entre Estados Unidos e China forem divulgadas nesta semana, então você verá uma nova queda nos preços do petróleo”, disse ele.

A alta do dólar no exterior também pressionou a cotação do petróleo no mercado internacional. No meio da tarde desta segunda, o índice DXY operava em alta de 0,45%, a 98,076 pontos, na ICE, em Londres. Os ativos normalmente possuem correlação negativa.

 

Fonte: Valor Online

Related Posts