Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Copergás volta a bater recorde na venda de GNV

De acordo com a Companhia, crescimento em 2019 já está superior a 25%

Com o volume médio de 301.172m³/dia, o último mês de agosto estabeleceu um novo recorde de comercialização, alcançando um total de 16.564.716 m³ do Gás Natural Veicular (GNV) distribuído pela Companhia Pernambucana de Gás – Copergás. Isso representa um crescimento superior a 25% em 2019, consolidando o GNV como mais econômico, seguro e o combustível fóssil mais limpo – reduzindo sensivelmente a emissão de poluentes.

 “A expansão sustentável do GNV em Pernambuco também é uma realidade para o gás natural nos segmentos industrial, residencial e comercial. Nos próximos meses, estaremos levando nossa rede de gasodutos de Camaragibe a Nazaré da Mata. E chegaremos aos polos turísticos de Muro Alto e Porto de Galinhas. No médio prazo, a Copergás pretende chegar com redes locais em Garanhuns e Petrolina. Vamos assegurar a infraestrutura necessária do gás natural para o desenvolvimento nessas regiões importantes do Estado”, afirma o presidente da Companhia, André de Campos.

De acordo com Fábio Morgado, assistente da Diretoria Técnica Comercial da Companhia, “a tendência de aumento nas conversões e, consequentemente, nas vendas do GNV, deve-se à competitividade que o mercado e a Copergás conseguem ofertar, ante o etanol e a gasolina, combustíveis contra os quais o gás registra economia superior 50% por quilômetro rodado.

 “O mercado de GNV voltou a crescer, sobretudo para os motoristas de aplicativos, táxis, e os que usam o veículo para trabalhar, fazendo dele o combustível perfeito para o complemento de renda”, garante Bruno Sousa, supervisor do Segmento Veicular da Copergás.

De acordo com Tarcísio Dias, técnico operacional de Conversão e Suporte Técnico Copergás, “a população quebrou o mito do passado, de que o GNV pode danificar o motor, de que causa perda de potência ou que poderia ser inseguro. Atualmente, com os equipamentos de alta tecnologia embarcados nos kits de quinta geração, não existe mais nada disso. O kit GNV, quando instalado, em oficinas credenciadas ao Inmetro, não oferece nenhum risco, mantém o desempenho e ainda gera uma grande economia ao condutor.”

Hoje, Pernambuco possui frota superior a 61 mil veículos (números de junho/2019) que utilizam o GNV, de acordo com o Denatran. Nos últimos meses de junho e julho, foram realizadas mais de duas mil conversões líquidas para uso do gás natural. Pernambuco é o 5º maior mercado de GNV do Brasil (números de junho/2019), atrás apenas de Rio, São Paulo, Santa Catarina e Bahia. A expectativa do presidente André Campos é que, neste segundo semestre, o Estado passe a ocupar a 4ª posição no ranking.

Atualmente, existem disponíveis 68 postos com o gás natural veicular, instalados em 18 municípios do Estado (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Abreu e Lima, Igarassu, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Gravatá, Vitória de Santo Antão, Goiana, Garanhuns, Caruaru, Carpina, Belo Jardim, Pombos, Taquaritinga do Norte, Palmares e Camaragibe).  A Copergás planeja, para este ano, mais 7 novos postos no Estado disponibilizando o GNV, além da chegada em outros municípios ainda em 2020, como é o caso de Tacaimbó, Paudalho, e Ipojuca.

 

Fonte: Copergás / Comunicação

Notícias relacionadas