Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Potigás: Cuidados para garantir a segurança do GNV

O Gás Natural Veicular (GNV) é mais seguro que os combustíveis líquidos, o risco de combustão é menor já que não existe contato com o ar durante o abastecimento, além de dissipar rapidamente em caso de vazamento. Alguns acidentes ocorridos recentemente no estado, envolvendo veículos adaptados, podem até fazer parecer o contrário. No entanto, a imprudência, clandestinidade e irregularidade são os motivos dos sinistros registrados.

“Todos os acidentes registrados no Brasil que envolvem veículos que utilizam GNV se devem a instalações irregulares e clandestinas que vão desde a combinação criminosa com botijões de gás de cozinha até mesmo à falta de manutenção adequada”, esclarece o Diretor Técnico e Comercial da Companhia Potiguar de Gás, distribuidora exclusiva de gás natural canalizado no Rio Grande do Norte, Sérgio Henrique.

Outro fator que contribui para a segurança do GNV é que o combustível distribuído pela Potigás chega no posto diretamente pela tubulação subterrânea da concessionária de gás e não é passível de adulteração.

“A Potigás realiza diária e continuamente a análise da composição do gás de forma a garantir a qualidade do que está sendo entregue ao consumidor final. Além disso, a Companhia também realiza a odorização do gás, acrescentando ‘cheiro’ ao combustível que é inodoro em seu estado natural, incrementando ainda mais a segurança do produto”, afirma Sérgio Henrique.

Não é somente no quesito segurança que os usuários do gás distribuído pela Potigás ganham. Somam-se ainda a economia que ultrapassa os 50% e a sustentabilidade do combustível que agride menos o meio ambiente.

Para usufruir da segurança do GNV, os motoristas precisam adotar alguns cuidados como com qualquer outro combustível. Confira algumas dicas:

– Procure uma oficina homologada pelo Inmetro para proceder a conversão e exija a nota fiscal e o Certificado de Homologação do Inmetro para fazer o registro no Detran;

– Faça as revisões periódicas do kit e cilindro em oficinas homologadas pelo Inmetro;

– Durante o abastecimento, cumpra todas as normas descritas no posto de combustível como desligar o motor, desembarcar todos os ocupantes do veículo, abrir a mala e o capô.

 

Fonte: Potigás – Comunicação

Related Posts