Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3970-1001/3970-1008

Petrobras renova contrato de gás natural com 12 distribuidoras estaduais

Segundo a companhia, o custo de aquisição do gás pelas concessionárias deverá ter uma redução média imediata estimada em 10% em relação aos contratos anteriores A Petrobras renovou contratos de suprimento de gás natural com 12 distribuidoras estaduais de gás canalizado, informou a estatal. Segundo a companhia, o custo de aquisição do gás pelas concessionárias deverá ter uma redução média imediata estimada em 10% em relação aos contratos anteriores, considerando os preços de petróleo na faixa de US$ 60 o barril.

Os contratos foram renovados com a GasBrasiliano (SP), São Paulo Sul (SP), Comgás (SP), BR Espírito Santo (ES), Gasmig (MG), CEG (RJ), CEG-Rio (RJ), Algás (AL), Bahiagás (BA), Sergás (SE), Potigás (RN) e PBGás (PB). No caso da Comgás, o contrato foi parcialmente renovado.

Os novos contratos entrarão em vigor em janeiro de 2020, com base em uma nova fórmula de preço da molécula de gás indexada ao preço do petróleo. O preço também varia com base na taxa de câmbio.

Em nota, a Petrobras esclarece que o preço da molécula do gás praticado pela companhia junto às distribuidoras não é o único determinante do preço do gás natural.

O custo do combustível para o consumidor final depende também do repasse dos custos de transporte incorridos junto às transportadoras, bem como das margens de distribuição e da incorporação dos tributos federais e estaduais.

 

Fonte: Valor Econômico

Notícias relacionadas