Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Produção de petróleo da Petrobras cai 5,4% em maio, ante abril, aponta ANP

A produção de petróleo da Petrobras no Brasil caiu 5,4% em maio, na comparação com abril. Segundo dados da ANP, a estatal produziu, em média, no mês passado, 2,045 milhões de barris/dia, menor patamar mensal desde junho de 2019.

Os últimos dois meses foram os mais críticos de queda da demanda global por petróleo, em meio à crise econômica desencadeada pela pandemia da covid-19. Os dados da ANP indicam, portanto, que, embora a petroleira tenha conseguido manter relativamente estável a sua produção num primeiro momento, em abril, sustentada por recordes na exportação, a estatal não conseguiu manter o mesmo patamar em maio.

No acumulado do ano, contudo, a empresa tem conseguido manter a trajetória de alta. Em 2020, a Petrobras acumula um crescimento de 13,3% da produção de petróleo, para uma média de 2,170 milhões de barris/dia, ante igual período do ano passado.

Em meio à deterioração da demanda interna, a produção de gás natural da companhia recuou 7,5% em maio, frente abril, para 88,9 milhões de metros cúbicos diários (m3/dia).

Com isso, a produção de óleo e gás totalizou 2,604 milhões de barris diários de óleo equivalente (BOE/dia), o que representa uma redução de 5,9%. A Petrobras respondeu, em maio, por 74,4% da produção nacional.

A ANP reportou em maio uma queda de 6,8% na produção de óleo e gás no Brasil. Ao todo, foram produzidos, em média, no país, 3,484 milhões de BOE/dia.

Segundo a agência, houve uma queda de 6,5% na produção nacional de petróleo no mês passado, para 2,765 milhões de barris/dia. A produção de gás natural recuou 7,8%, para 114,3 milhões de m3/dia.

Fonte: Valor Online

Related Posts