Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Duas carregadoras na chamada pública do Gasbol

A Compass, do grupo Cosan, e a Gas Bridge foram habilitadas pela TBG na segunda chamada pública para contratação de capacidade de transporte do Gasbol (gasoduto Bolívia-Brasil). São ofertadas capacidades de 10,08 milhões de m³/dia (entrada em Corumbá, MS) e 16,43 milhões de m³/dia (saída).

Se os contratos forem fechados, o transporte será feito entre 1º de setembro e 31 de dezembro de 2020. A chamada foi aberta a partir da renúncia de capacidade da Petrobras, acordada com a ANP no fim do ano passado. O gás natural é fornecido pela YPFB, estatal da Bolívia.

Essa é a segunda chamada para contratação do Gasbol. A primeira, aberta em 2019, terminou com toda a oferta de capacidade de entrada contratada pela própria Petrobras para 2020 (18 milhões de m³/dia), e quase metade para 2021 (8 milhões de m³/dia).

 

Fonte: Epbr

Related Posts