Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Gás ainda tem muito espaço para crescer

O gás natural é o mais limpo entre todos os combustíveis fósseis e sua utilização é vital para uma matriz energética de baixo carbono. No entanto, ele responde por apenas 10% da matriz energética nacional. A ampliação dessa participação passa por investimentos em rotas de escoamento que tragam o insumo do pré-sal ao continente.

A Compass Gás e Energia afirma que avalia formas de ampliar a oferta de gás ao Sudeste, com aproveitamento do gás do pré-sal através do gasoduto Rota 4.

A Bacia de Santos possui ainda o bloco SM-1500, da britânica BP. A empresa diz que colabora na aquisição de dados sísmicos para entender melhor a área do bloco. Ele segue em fase de pesquisa.

A Petrobras afirma que no último dia 30 fez um movimento de abertura no mercado de gás para atrair novos agentes para o segmento. A estatal assinou um contrato para compartilhamento de infraestruturas de escoamento e processamento de gás.

Segundo a estatal, as empresas privadas poderão atuar nas rotas 1, 2 e 3 no mar entre o Rio de Janeiro e Caraguatatuba, no Litoral Norte.

 

Fonte: A Tribuna Santos (SP)

Related Posts