Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Consumo de energia avança 1,5% na primeira metade de março

Em meio a um crescimento descontrolado de casos de covid-19, o consumo de energia na primeira metade de março teve alta de 1,5% na comparação com igual período em 2020, ao totalizar 65.869 MW médios, ante 64.923 MW médios, de acordo com dados prévios da CCEE.

O consumo de energia no mercado livre avançou 6,3% no período, para 21.435 MW médios, enquanto no mercado regulado a demanda retraiu 0,7%, para 44.434 MW médios. Ao considerar as migrações entre ambientes, ou seja, expurgando o efeito de novas cargas, o ambiente de contratação regulada (ACR) apresentou crescimento de 1,4% e o ambiente de contratação livre (ACL) cresceu 1,5%. Dos 15 ramos de atividades monitorados pela CCEE, a queda de consumo ocorreu nos segmentos mais pressionados pelo recrudescimento das medidas de combate à Covid-19. Serviços, com queda de 14,6%, e Bebidas, com queda de 7,6%, foram os segmentos mais afetados. Os dados desconsideram as cargas migradas no período. Já os que apresentaram maiores taxas de crescimento foram quase todos eletrointensivos, ainda de acordo com a câmara: metalurgia e produtos de metal (7,9%), extração de minerais metálicos (7,8%), minerais não-metálicos (3,5%) e químicos (3,1%).

 

Fonte: EnergiaHoje

Related Posts