Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Petróleo fecha em queda pela sexta sessão seguida

O petróleo estendeu a sequência de perdas nesta quinta-feira (19). Tanto o Brent, a referência global, quanto o WTI, a referência americana, fecharam em queda pelo sexto dia seguido. É a sequência de recuos mais longa para os futuros do petróleo desde 28 de fevereiro de 2020, segundo dados da Factset.  A commodity segue afetada pelas preocupações com o ressurgimento da covid-19 ao redor do mundo por causa da disseminação da variante delta, mais contagiosa que as anteriores. O pregão ainda foi prejudicado pela aversão ao risco depois que a ata do Federal Reserve sinalizou que o banco central americano pode começar a diminuir os estímulos monetários no fim deste ano. Os preços dos contratos para outubro do Brent caíram 2,60%, a US$ 66,45 o barril, na ICE, em Londres, enquanto os contratos para o mesmo mês do WTI cederam mais 2,62%, a US$ 63,50 o barril, nesta quinta-feira.

O petróleo já ultrapassou o território de correção, que é quando um ativo cai mais de 10% em relação ao seu pico mais recente, e começa a se aproximar do chamado “bear market”, que é quando o ativo passa a cair mais de 15% do seu pico recente. Após o fechamento desta quinta (19), o Brent anota perdas de quase 14% em relação ao US$ 77 por barril atingido no começo de julho. O WTI também registra queda ao redor de 15% desde seu pico em julho.

Fonte: Valor Online

Related Posts