Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Eneva inaugura Unidade de Tratamento de Gás Azulão

Nesta segunda (27), a Eneva inaugurou a Unidade de Tratamento de Gás de Azulão. A unidade, localizada no município de Silves, no interior do Amazonas, faz parte do projeto integrado  Azulão-Jaguatirica, que tem como objetivo extrair o gás natural do campo de Azulão, na Bacia do Amazonas, para abastecer a UTE Jaguatirica II.

O gás de Azulão chegará a Boa Vista sob forma de GNL, sendo transportado por meio de carretas criogênicas para o abastecimento da usina.

Em maio, a companhia iniciou o processo de comissionamento à quente do campo, etapa que demandou um breve teste de produção em um dos poços de Azulão.

A previsão é que a usina Jaguatirica II entre em operação no quarto trimestre deste ano. A UTE vai gerar cerca de 117 MW, com capacidade para abastecer cerca de 70% do consumo de todo o estado de Roraima. Quando estiver em operação, a termelétrica substituirá a matriz de geração local, baseada em diesel, por gás natural. O projeto integrado Azulão-Jaguatirica foi vencedor do leilão de 2019 promovido pela ANEEL.

Azulão

Azulão possui atualmente uma reserva certificada (2P) de aproximadamente 6,3 bilhões de m³ de gás natural, dos quais 3,6 bilhões de m³ estão comprometidos com Jaguatirica. Trata-se da primeira área produtora de gás na Bacia do Amazonas.

O gás produzido também poderá ser vendido diretamente para consumidores livres, já que as reservas encontradas pela Eneva são superiores aos volumes necessários para o abastecimento da UTE Jaguatirica II.

Em julho, a Eneva contratou a Constellation para perfurar sete poços no campo de Azulão. A previsão é que a campanha exploratória tenha duração de 290 dias.

A sonda QG VIII, que executará a campanha, perfurou três poços em Azulão em 2019.

 

Fonte: Energia Hoje

Related Posts