Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Governo defende realização de leilão de termelétricas a gás

O governo defendeu a realização do leilão de usinas termelétricas movidas a gás natural que foram impostas pelo Congresso Nacional, em uma manobra de parlamentares, como condição para permitir a privatização da Eletrobras. Em entrevista ao Globo, Diogo Mac Cord, secretário especial de Desestatização do Ministério da Economia, disse que a inclusão dessas termelétricas traz segurança ao sistema elétrico e garante preços menores.

A previsão de contratação de 8 mil megawatts (MW) de novas usinas a gás, que serão construídas nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, foi incluída como um “jabuti” na medida provisória, depois convertida em lei.

“As térmicas a gás são fonte de potência importante. O Nordeste, em alguns momentos, é exportador de energia para outras regiões na madrugada por conta das eólicas, mas no horário de pico a região importa energia. Por isso, é importante ter termelétricas, caso contrário o Nordeste ficará no escuro em alguns anos”, disse o secretário, destacando a importância das termelétricas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

O secretário destacou ainda que os efeitos tarifários “são positivos”, pois serão aposentadas as termelétricas mais caras movidas a diesel e a óleo combustível. “A partir do momento em que você coloca um bloco grande de usinas a gás, você empurra para frente as mais caras”.

Fonte: O Globo

Related Posts