Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Demanda por gás natural mantém-se elevada no Amazonas

A demanda média por gás natural foi de 4,7 milhões de m³/d no primeiro trimestre do ano. Essa marca representa crescimento de 7% frente ao mesmo período de 2022, conforme os dados mais recentes da Cigás.

A Cigás opera, atualmente, com mais de 14 mil unidades consumidoras (UC´s) contratadas dos segmentos termelétrico, industrial, veicular, comercial, residencial e autogeração/liquefação. O termelétrico é o maior demandante e registrou consumo médio de 4 milhões de m³/d, no período de janeiro a março. Deve-se frisar que o GN fornecido pela Companhia de Gás do Amazonas é destinado a usinas termelétricas que geram energia elétrica para o abastecimento da população de Manaus e dos municípios de Anamã, Anori, Caapiranga, Coari e Codajás.

Ao longo dos meses, a Companhia tem expandido o fornecimento de gás natural a unidades consumidoras residenciais a partir do atendimento de conglomerados habitacionais, como o Verona Premium, localizado no bairro Lago Azul, na zona norte de Manaus, com mais de 4 mil moradores. Para este segmento, que conta com 13,7 mil UC´s contratadas, foram comercializados em média 2,4 mil m³/d no período de referência – alta de 87% no comparativo com os três meses iniciais de 2022.

Outro segmento que vem ampliando gradativamente a demanda pelo GN é o comercial. No primeiro trimestre de 2023, a demanda pelo combustível deste segmento correspondeu a 5,1 mil m³/d, variação positiva de 22% frente ao trimestre inicial do ano passado. Hoje, são mais de 200 empreendimentos da área de serviços contratados pela Cigás, entre os quais, restaurantes, supermercados, academias, lavanderias, hotéis e, ainda, o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz.

Fonte: Cigás / Comunicação

Related Posts