Av. Ataulfo de Paiva, 245 - 6º andar - Salas 601 a 605 – Leblon/RJ – CEP: 22440-032
+55 21 3995-4325

Produção de petróleo e gás tem aumento de 4,4% no mês de maio

Em maio, a produção total de petróleo e gás natural no Brasil foi de 4,234 milhões de boe/d, registrando um aumento de 4,4% ante a produção do mês de abril (4,054 milhões de boe/d), de acordo o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural da ANP referente ao mês de maio de 2024. Com relação ao petróleo, houve a extração de 3,318 milhões de bbl/d, um crescimento de 3,9% na comparação com o mês anterior e de 3,6% em relação ao mesmo mês de 2023. Já a produção de gás natural totalizou 145,63 milhões de m³/d, com um aumento de 6,6% ante abril (136,68 milhões de m³/d) e de 0,8% na comparação com maio de 2023 (144,41 milhões de m³/d).

No pré-sal, a produção foi de 3,314 milhões de boe/d, correspondendo a 78,3% da produção brasileira. O volume representa um aumento de 5% em relação ao mês anterior (3,156 milhões de boe/d) e de 3,7% na comparação com o mesmo mês de 2023 (3,196 milhões de boe/d).  No mês de maio, o campo de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás, registrando 755,46 mil bbl/d de petróleo e 37,01 milhões de m³/d de gás natural. Tupi foi o campo com a maior produção nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. A instalação com maior produção de petróleo e gás natural foi o FPSO Guanabara, na jazida compartilhada de Mero, com 179.546 mil bbl/d de petróleo e 11,68 milhões de m³/d de gás. No mês, os campos marítimos produziram 97,5% do petróleo e 86,2% do gás natural, e os campos operados pela Petrobras, sozinha ou em consórcio com outras empresas, foram responsáveis por 88,88% do total produzido. A produção teve origem em 6.549 mil poços, sendo 504 marítimos e 6.045 mil terrestres.

Fonte: PetróleoHoje

Related Posts