Av. Alm. Barroso, 52 - sl 2002 - Centro- RJ
+55 21 3995-4325

Sul: Santa Catarina proporciona mais economia para quem usa GNV

Paraná — O GNV é 46% mais econômico no Paraná, tanto na comparação com a gasolina como frente ao etanol. O metro cúbico de GNV custa, em média, conforme dados da ANP levantados na primeira semana de junho, R$ 2,40, enquanto o litro de gasolina sai por R$ 3,60 e o de etanol, R$ 2,54. Para rodar 100 km, o motorista precisa de R$ 18 (GNV) e R$ 34 (gasolina ou etanol).

Rio Grande do Sul — Para os gaúchos, há uma grande variação entre os custos dos combustíveis líquidos. Por isso, o GNV chega a ser 56% mais econômico frente ao etanol, enquanto na comparação com a gasolina esse número cai para 44%.  Abastecendo no Rio Grande do Sul, o custo de rodar 100 km sai por R$ 20 (GNV), R$ 36 (gasolina) e R$ 46 (etanol). De acordo com levantamento da ANP, o metro cúbico de GNV sai por R$ 2,69 enquanto os litros de gasolina e de etanol custam, respectivamente, R$ 3,87 e R$ 3,47.

Santa Catarina — Estado do Sul em que o GNV é mais competitivo, Santa Catarina tem postos de combustíveis com a seguinte média de preços na primeira semana de junho segundo a ANP: R$ 2,19 (GNV), R$ 3,45 (gasolina) e R$ 3,02 (etanol). A economia do GNV no estado pode variar entre 48% (comparação com gasolina) e 59% (ante o etanol). Para rodar 100 km, o motorista desembolsa as seguintes quantias: R$ 17 (GNV), R$ 32 (gasolina) e R$ 40 (etanol).

*Para realizar a análise, a Abegás utiliza como referência o veículo Fiat Siena, que já contempla em seu manual de fábrica o consumo com os três combustíveis e percorre 13,2 km por metro cúbico de GNV, 10,7 km com gasolina e 7,5 km com o etanol.

 

Fonte: Comunicação ABEGÁS

 

Related Posts